Como chegar aqui:

Mestrado e Doutorado em Ciência do Solo

Apresentação

Localizado na região serrana de Santa Catarina, os cursos de doutorado e mestrado em Ciência do Solo da Universidade do Estado de Santa Catarina têm forte atuação na geração de conhecimentos e tecnologias para os sistemas agrícolas do Sul do Brasil. A pesquisa é voltada para a solução de problemas regionais, mas atuando também em problemas abrangentes e de interesse para a ciência do solo. O curso, que é o único Programa de Pós-graduação Stricto Senso em Ciência do Solo de Santa Catarina, possuiconceito 5 pela CAPES e consolida-se como um dos locais de referência em ciência do solo no sul do brasil. Os cursos de mestrado e doutorado contam hoje com quinze professores, três funcionários técnico-administrativos e sessenta alunos, suportados por uma estrutura física compatível e equipamentos analíticos de última geração, que possibilitam uma formação sólida aos pós-graduandos e a realização de pesquisas de alto nível.
 

Objetivo

O Programa de Pós-Graduação em Ciência do solo da UDESC tem por objetivos promover a geração de conhecimentos e a capacitação de profissionais para a Pesquisa, o Ensino e a Extensão, bem como, para suporte técnico aos setores produtivos ligados à agricultura, principalmente na área agronômica e com ênfase em sistemas de manejo do solo, mas incluindo também áreas afins e conexas. Dessa forma, esse Programa se incorpora ao conjunto de agentes e organizações que promovem o desenvolvimento da agricultura em bases sustentáveis, segundo preceitos da preservação ambiental e da melhoria das condições sócio-econômicas dos produtores rurais, do Estado de Santa Catarina e do país.

O Programa é estruturado visando potencializar a produção de novos conhecimentos e a formação de recursos humanos a partir do desenvolvimento de pesquisas organizadas em linhas e projetos abrangentes e de longa duração, buscando-se a evolução progressiva, sustentada na experiência acumulada e na avaliação crítica dos resultados gerados.

O Programa está inserido num contexto regional de agricultura, pecuária e exploração florestal. Na agricultura, as culturas anuais do milho, soja e trigo e as frutíferas maçã, pêra e videira são as principais. Na pecuária, a criação de suínos, frangos de corte e bovinocultura de corte e leite são bastante desenvolvidos e, na exploração florestal, o cultivo de Pinus e Eucalipto. Neste contexto, a ênfase na área de concentração do Programa de Pós-graduação é voltada à geração de tecnologias de manejo do solo com suporte em ferramentas de biotecnologia, para o uso eficiente e sustentável do solo, com aproveitamento maximizado de seu potencial em dar suporte e nutrir cultivos de plantas de lavoura, fruteiras e pastagens. Também tem destaque a busca de soluções para o aproveitamento e destinação segura no solo de resíduos de origem agroindustrial e agropecuária, principalmente os dejetos animais. Desenvolvem-se ainda trabalhos visando a recuperação de áreas degradadas, especialmente as decorrentes da atividade mineradora de carvão no Sul do Estado de Santa Catarina.

Embora atento ao estudo de assuntos de interesse regional, o objetivo do curso é a geração de conhecimento e tecnologia aplicável em todas as regiões do país.

Histórico

Buscando atender às necessidades mais prementes de geração de avançadas tecnologias agrícolas para o Estado de Santa Catarina e Região Sul do Brasil, os docentes do Departamento de Solos e Recursos Naturais e do Departamento de Agronomia, do Centro de Ciências Agroveterinárias, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), agruparam-se interdisciplinarmente formando grupos de pesquisa que desenvolvem diversos projetos na áreas de solos e fitotecnia, destacando-se: química do solo, uso e conservação do solo, fertilidade do solo e nutrição de plantas, mineralogia e gênese do solo, biologia do solo, reciclagem e biodegradação de resíduos, recuperação e monitoramento de áreas degradadas, fitossanidade, fisiologia e manejo de plantas, biotecnologia e melhoramento vegetal, sistemas agroecológicos de produção e biologia e tecnologia de pós-colheita. Somando-se a isso, o investimento constante da UDESC na capacitação dos docentes, na melhoria da infra-estrutura laboratorial e na Pesquisa como um todo, resultaram na criação dos Cursos de Mestrado em Ciência do Solo, em 1997, e Mestrado em Produção Vegetal, em 2003, todos aprovados pela CAPES. Em 2007, estes Cursos de Mestrado stricto sensu receberam Conceito 4 pela avaliação da CAPES. Dentro da estrutura interna da UDESC, o Curso de Mestrado em Ciência do Solo e Mestrado em Produção Vegetal estão inseridos no Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias, estrutura criada para agregar outros cursos de Mestrado e Doutorado stricto sensu, que funciona com um único Colegiado e Regimento interno.

Considerando a vocação para atividades de pesquisa do grupo de professores vinculados ao Curso Agronomia da UDESC-CAV, bem como a forte inserção desta Instituição em região com crescente expansão das atividades agropecuárias e florestais, em 2005 apresentou a CAPES proposta de criação do primeiro curso de Doutorado da UDESC, abrangendo uma área de concentração: Manejo do Solo. Em julho de 2007, a CAPES aprovou o Curso de Mestrado e Doutorado em Manejo do Solo com Conceito 4. O curso de Mestrado em Ciência do Solo deixa, então, de existir, sendo absorvido pelo novo curso.

Inicia-se uma nova fase da Pós-Graduação na UDESC com o ingresso da primeira turma de estudantes de Doutorado em Março de 2008. Na oportunidade, foram selecionados 14 candidatos para o Curso de Doutorado, além dos alunos selecionados para o Mestrado em Manejo do Solo. Desde então, têm sido selecionados anualmente novas turmas de doutorado e semestralmente novas turmas de mestrado.

Em maio de 2010 o Curso de Doutorado conta com 28 alunos de doutorado regularmente matriculados e 32 alunos de mestrado matriculados, além de alunos especiais de outros Cursos de Pós-graduação da UDESC e de outras instituições que freqüentam disciplinas do curso.

Em 2012 o Curso de Pós-Graduação em Manejo do Solo passa a ser denominado de Curso de Pós-Graduação em Ciência do Solo, contando atualmente com 33 alunos de doutorado e 46 alunos de mestrado, regularmente matriculados.

Memória Fotográfica

Agronomia  Coleta de Solo
Áreas de Mineração  Aulas de Campo
Casa da Vegetação  Casa de Vegetação
Coleta de Solo  Coleta de Solo
Coleta de Solo  Experimento com Pastagens
Descrição de perfil de solo  Experimento Física do Solo
Experimento Sistemas de Cultivo  Experimento com Dejeto Suino
Experimento Calagem  Experimento Raízes
Desenvolvimento de Inoculantes  Plantas de Cobertura
Áreas degradadas por mineração  Experimento Fertilidade Videiras
Experimento Rizosfera  Levantamento de Solos
Viagem de Estudos  Micrografia
 
Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV / Av. Luiz de Camões, 2090 - Conta Dinheiro - Lages - SC
CEP: 88.520-000 / Telefone: (49) 3289-9100