Como chegar aqui:

Mestrado e Doutorado em Ciência do Solo

Projeto 1:Biodiversidade de organismos edáficos e atributos físico-químicos como indicadores da qualidade do solo em sistemas de manejo do Estado de Santa Catarina
Subprojeto 1.1: Fauna do solo e sua relação com outros atributos edáficos em sistemas de manejo do Estado de Santa Catarina
Subprojeto 1.2: Diversidade de morfotipos dos principais grupos da fauna edáfica em sistemas agrícolas e florestais nas regiões Oeste, Planalto, Leste e Sul de Santa Catarina
Linha de Pesquisa: Caracterização, Conservação e Uso dos Recursos Naturais
Resumo: 
Este projeto objetiva estudar a biodiversidade da fauna do solo e sua relação com outros atributos edáficos (físicos, químicos e microbiológicos do solo) em sistemas de plantio direto, integração lavoura-pecuária, pastagem perene, reflorestamento de eucalipto e Floresta nativa, em quatro regiões do Estado de SC (Oeste, Planalto, Leste e Sul). Ao todo pretende-se estudar doze municípios distribuídos em quatro regiões do Estado de Santa Catarina (Oeste, Planalto, Leste e Sul), totalizando 60 áreas (seis de cada sistema). Para mais informações acesse www.biotasc.com 
 
Projeto 2:Indicadores edáficos para avaliação da qualidade do solo em áreas sob plantio direto: primeira geração de tabelas de interpretação para biologia do solo
Linha de Pesquisa: Caracterização, Conservação e Uso dos Recursos Naturais
Resumo: 
Este projeto tem o objetivo de gerar conhecimento sobre atributos químicos, físicos e biológicos em áreas sob plantio direto (PD) no Oeste de SC, afim de estabelecer bases solidas microbiológicas e da fauna edáfica para interpretação da qualidade do solo e sustentabilidade do sistema de produção, determinando o Índice de Qualidade do Solo (IQS).Afauna edáfica será amostrada nos mesmos pontos dos atributos químicos e físicos por meio de uma adaptação da metodologia desenvolvida pelo programa de Biologia e Fertilidade dos Solos Tropicais (TSBF). Como trata-se de um projeto inédito no estado maiores informações serão repassadas pelo coordenador somente aos orientados já que envolve metodologias inovadoras.
 
Projeto 3:Avaliação ecotoxicológica de solos catarinenses submetidos à aplicação agrotóxicos, cama de aves, dejeto de suínos, dregs, esterco de bovinos e fármacos veterinários
Linha de Pesquisa: Caracterização, Conservação e Uso dos Recursos Naturais
Resumo: 
Este projeto está vinculado a dois projetos temáticos (Sisbiota SC www.biotasc.come Sem Fronteiras) e a um Edital Universal, vinculados ao grupo Solos e Sustentabilidade da UDESC. A proposta objetiva avaliar o efeito da aplicação destes resíduos sobre organismos edáficos através de testes ecotoxicológicos padronizados (ISO International Organization for Standardization). Como trata-se de projetos inéditos, maiores informações serão repassadas pelo coordenador somente aos mestrandos e doutorandos já que envolve metodologias inovadoras.
 
Projeto 4:Biodiversidade funcional da fauna edáfica e sua relação com a configuração da paisagem em Santa Catarina
Linha de Pesquisa: Caracterização, Conservação e Uso dos Recursos Naturais
Resumo: 
Este projeto objetiva compreender como as áreas de preservação permanente em zonas de produção agrícola, determinam os padrões de diversidade e funcionalidade da comunidade edáfica em uma escala de paisagem. Esperamos com esse estudo reunir pela primeira vez, toda a informação ambiental (clima, vegetação e atributos físicos, químicos) e taxonômica (determinação de espécies por taxonomia clássica e molecular), e da fauna do solo em diferentes composições de paisagem no Oeste do Estado de Santa Catarina. Pretende-se fornecer modelos de cálculo de indicadores de qualidade do solo no âmbito de paisagem e não apenas dentro de uma área agrícola, além da continuidade da investigação científica iniciada com o projeto Sisbiota-SC. Como trata-se de um projeto inédito no estado de Santa Catarina em que há necessidade de informações quanto a área de preservação para pequenas propriedades, o presente projeto é muito importante para nortear as legislações estaduais e servir de base para outros estados da federação.
 
Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV / Av. Luiz de Camões, 2090 - Conta Dinheiro - Lages - SC
CEP: 88.520-000 / Telefone: (49) 3289-9100